Artes e Cultura

A Noruega tem um setor de arte e cultura vibrante. Atualmente, bem como no passado, muitos artistas noruegueses e outros profissionais da cultura encontram inspiração além das fronteiras nacionais da Noruega.

Foto: www.salted.no

A arquitetura norueguesa, a música, a literatura e as artes visuais ganharam reconhecimento internacional, e vários artistas, escritores e músicos noruegueses estão entre os melhores do mundo. A internacionalização das artes e cultura norueguesas aumentou o conhecimento e o interesse pela Noruega moderna.

Nove artistas noruegueses - mais do que nunca - foram selecionados para participar na documenta, a mais importante exposição de arte contemporânea do mundo, em 2017. Vários países adquiriram direitos para produzir suas próprias versões da série de televisão norueguesa SKAM. E em 2019, a Noruega será a convidada de honra da Feira do Livro de Frankfurt pela primeira vez na história.

Drama

As peças de Henrik Ibsen (1828-1906) estão entre as mais representadas no mundo, enquanto Jon Fosse é um dos dramaturgos vivos mais amplamente representado.

Artes visuais

Edvard Munch (1863-1944) captou sua própria angústia - e indiscutivelmente o sofrimento da condição humana - na sua pintura icónica O Grito. Ida Ekblad está atualmente a deixar a sua marca no cenário artístico norueguês e internacional, com instalações que combinam pinturas, esculturas, performances, filmes e poesia.

Música

Edvard Grieg (1843-1907) foi um compositor da tradição nacional romântica que revolucionou a música do seu tempo. Hoje, êxitos de jovens músicos noruegueses, como Aurora e Astrid S, podem ser encontrados no topo das listas internacionais. Outro nome bem conhecido é Mari Boine, que mistura elementos do jazz com canções tradicionais de canto Sami (joik).

Musikk@2x.png

Alan Walker é transmitido em Xangai e São Paulo, e Sigrid foi nomeado o vencedor do BBC Music Sound de 2018.

Teater@2x.png

Alan Lucien Øyen e Winter Guests em tournée pela Europa e América do Norte.

Filme

Deeyah Khan foi duas vezes vencedora do prémio Emmy na categoria melhor documentário. Em 2016, foi nomeada a primeira Embaixadora da Boa Vontade da UNESCO pela liberdade e criatividade artística.

Arquitetura e design

Entre as empresas de arquitetura que deixaram a sua marca no estrangeiro, está Snøhetta, a empresa por detrás da Ópera de Oslo, da nova biblioteca de Alexandria (Egito) e do Memorial Nacional do 11 de Setembro no World Trade Center em Nova York. Daniel Rybakken tem recebido vários prémios nacionais e internacionais pelo seu design de mobiliário e iluminação e várias instalações de arte.

Literatura

Muitos livros noruegueses estão traduzidos e publicados no estrangeiro. Os livros de Jo Nesbø são best-sellers desde Seattle a Singapura. A "História das Abelhas" de Maja Lunde ficou no topo das listas dos mais vendidos na Alemanha durante grande parte de 2017. E os livros de Karl Ove Knausgård foram traduzidos para 30 idiomas.

Artboard 4.png

As empresas de design Northern e Vestre estão a criar empregos na Noruega, promovendo o design norueguês e os designers noruegueses.

Billedkunst@2x.png

A cerâmica de Elisabeth von Krogh e os têxteis de Ellen Grieg estavam entre os destaques na Design Miami / em 2017.

A cultura norueguesa em Portugal

A Embaixada trabalha para promover a Noruega e a cultura norueguesa em Portugal. Este trabalho tem como objetivo aumentar a imagem da Noruega em Portugal como um parceiro inovador, profissional e moderno dentro de várias áreas a nível cultural, comercial e político.

Portugal e a Noruega têm muito em comum, o que nos aproxima culturalmente. Somos ambos países pequenos na periferia da Europa, com todos os desafios que isso representa. Somos também nações costeiras, tendo o mar como um recurso comum.

Portugal é um país com muito interesse em música norueguesa, especialmente jazz, remontando a 1975 quando o quarteto do Arild Andersen tocou no Festival do Jazz de Cascais. Hoje em dia pode assistir concertos com música de jazz contemporâneo e improvisação norueguês várias vezes por ano por todo o país. A música eletrónica e o rock indie da Noruega são também géneros que muitos portugueses gostam.

Peças norueguesas são regularmente mostradas nos teatros portugueses, especialmente obras do grande Henrik Ibsen, mas também os contemporâneos Jon Fosse e Arne Lygre são populares. 

Há muitos livros noruegueses traduzidos para português, desde clássicos como Knut Hamsun (Prémio Nobel), a autores contemporâneos como Karl Ove Knausgård e Per Petterson. Há um número substancial de romances policiais noruegueses traduzidos para português, de autores como Jo Nesbø, Karin Fossum e Anne Holt.

O trabalho da Embaixada da Noruega dentro da área cultural em Portugal foca em facilitar a promoção da cultura norueguesa em Portugal. Encorajamos a cooperação entre parceiros noruegueses e portugueses. Oferecemos orientação e utilizamos ativamente a nossa rede cultural tanto na Noruega como em Portugal. 

Através do apoio financeiro dos EEA Grants as possibilidades de uma cooperação mais estreita e mais próxima entre os nossos países foram significativamente reforçadas. Para obter informações sobre o programa cultural dos EEA Grants, consulte o website oficial

A Norwegian Arts Abroad é uma rede que facilita a promoção da Noruega a nível internacional através da gestão de programas de apoio financeiro a projetos de natureza artística e comercial, orientados para a exportação.

As organizações que fazem parte da Norwegian Arts Abroad trabalham como intermediários entre a liderança política, a investigação e as indústrias culturais na Noruega, interligando-os com o público. A rede é um meio dos meios disponibilizados pelo Ministério da Cultura e atua como consultora para o Ministério dos Negócios Estrangeiros.

Os membros incluem o Office of Contemporary Art (OCA), o Music Norway, o Performing Arts Hub Norway (PAHN), o Norwegian Crafts, o DOGA (Design and Architecture Norway), o Norwegian Film Institute (NFI) e o Norwegian Literature Abroad (NORLA).

A Norwegian Arts Abroad administra programas de apoio para colaboração internacional em artes e cultura, como o apoio a viagens para artistas noruegueses.

Para mais informações, consulte o website stikk.no