Primeiro Livro Branco sobre o oceano nas políticas externa e de desenvolvimento

Ocean-waves-at-Rossholmen-012007-99-004_650.jpg
Photo by Rune Werner Molnes: www.runemolnes.com - Visitnorway.com

O governo norueguês quer tornar prioridade global o uso sustentável do mar.

O oceano representa um grande potencial tanto para a Noruega quanto para o mundo inteiro. Espera-se que a população mundial aumente mais de dois bilhões até 2050, de modo a intensificar nossa necessidade de obter recursos como alimentos e energia dos oceanos. A Noruega tem uma longa história enquanto nação marítima, e há oportunidades consideráveis para o crescimento sustentável das indústrias oceânicas no futuro. Ao mesmo tempo, há também uma séria preocupação com os problemas ambientais, como a poluição e o lixo marinho, as alterações climáticas e os usos insustentáveis dos oceanos, a exemplo da pesca excessiva.

 

No Livro Branco, o governo norueguês enfatiza três áreas que devem ter prioridade especial: a utilização sustentável e o crescimento azul dos oceanos, oceanos limpos e saudáveis, além da economia azul na política de desenvolvimento. O Ministro das Relações Exteriores da Noruega, Sr. Børge Brende, acredita que a cooperação internacional é uma chave para superar os desafios que enfrentamos, e, dada a importância dos oceanos para uma grande parte da população do mundo, os problemas ambientais e a poluição no oceano devem ter prioridade global. O governo norueguês alocará 100 milhões de coroas norueguesas a um programa de assistência especial para combater o lixo marinho e microplásticos, e também irá cooperar com as organizações internacionais e com outros países, a fim de garantir que os fundos sejam utilizados de uma forma que alcance o resultado almejado.

 

O Livro Branco reflete a intensificação dos esforços noruegueses no que se refere a mares sustentáveis. O Governo aponta várias medidas específicas, a saber: o lançamento de diálogos sobre assuntos oceânicos com países relevantes, com vistas ao compartilhamento de experiências e de conhecimentos e à cooperação em medidas para promover oceanos limpos e saudáveis, e garantias de que a pesca e a aquicultura serão mais bem consideradas no esforço com vistas à segurança alimentar mundial.

Atividades oceânicas e do setor marítimo são importantes na cooperação bilateral entre Noruega e Brasil. Nós compartilhamos uma longa história no comércio marítimo; datada desde o comércio do bacalhau e do café, que continua forte. Hoje, as empresas norueguesas e brasileiras cooperam para resolver os desafios tecnológicos nos setores de energia offshore. Através de esforços no âmbito de atividades do I&D avançadas e de atividade econômica, tanto a Noruega como o Brasil demonstram ambições comuns relacionadas com a preservação, gestão e proteção dos recursos marítimos.

Para mais informações sobre a estratégia e atividade marítima norueguesa, consulte as informações sobre energia e recursos marítimos. Você também pode seguir nossa página do Facebook para atualizações regulares.