Noruega Aumenta Orçamento Anual da Ajuda Financeira Global em NOK 1,4 bilhão

O governo Norueguês propôs aumentar o orçamento anual da ajuda financeira global, dos actuais 37,8 bilhões de Coroas para 39,2 bilhões. O governo intensificará as acções para promover a prossecução dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) e respectivos esforços relacionados ao clima, com ênfase na luta contra a fome e a pobreza. O apoio substancial da Noruega a projetos executados por organizações da sociedade civil será mantido, e os esforços para alcançar grupos vulneráveis serão intensificados.

As mudanças climáticas, meio ambiente e oceanos são as áreas prioritárias na cooperação para o desenvolvimento da Noruega. Foi proposto um aumento de cerca de 500 milhões de Coroas para estas áreas, subindo de 4,7 bilhões de Coroas em 2019 para 5,2 bilhões em 2020.

Um novo item será introduzido na nova proposta orçamental visando destacar os esforços crescentes do governo para ajudar os grupos vulneráveis, tendo sido proposto uma alocação de 466 milhões de Coroas para 2020. Isso inclui 100 milhões de Coroas que serão realocados para esta componente a partir do orçamento destinado ao apoio a sociedade civil. Esses fundos serão direcionados principalmente a projetos visando melhorar a situação das pessoas com deficiência e serão canalizados através de organizações da sociedade civil. Em adição, o apoio à sociedade civil sob o novo item do orçamento para grupos vulneráveis ​​será aumentado em mais 100 milhões de Coroas.

O objetivo é fortalecer a sociedade civil nos países em desenvolvimento e aumentar a capacidade desses países em promover o desenvolvimento. O foco será nas áreas de direitos humanos, democracia, igualdade de gênero, meio ambiente, mudança climática, agricultura, segurança alimentar, grupos vulneráveis, incluindo pessoas com deficiência e crescimento inclusivo. “Vamos nos concentrar em países menos desenvolvidos (LDCs) e na África Subsaariana, em particular'', disse o Ministro do Desenvolvimento Internacional Dag-Inge Ulstein.